Qual a solução para a nossa Planaltina-GO?

- O Mato alto e o lixo aumentam a proliferação de ratos e de insetos. Mas isto é só um detalhe. Existem outros problemas de Planaltina-GO:

- Além do cemitério, dos postos de gasolina e dos agrotóxicos lançados nas lavouras, os aterros sanitários estão contaminando nossos lençóis freáticos e comprometem a nossa saúde, agora convivemos com a iminente ameaça de nos tornarmos o "depósito de lixo do entorno e do Distrito Federal";

- Pagamos uma alta taxa de de saneamento nas contas de água mas o esgoto escorre continuamente pelas nossas ruas;

- Nossas ruas estão destruídas e intransitáveis;

- Nosso serviço de saúde está sucateado;

- Nossa segurança deixa muito a desejar. Todos os dias ocorrem roubos e assaltos;

- Nossos jovens estão se alcoolizando e drogando.

Hoje, se dermos um passeio pelas nossas ruas, vamos ver menores consumindo drogas. Nos fins de semana, estão nos bares disfarçados de depósitos e de casas de shows. Hoje o que mais se vende aqui é bebida! Os jovens que conseguem chegar à universidade precisam sair da cidade para estudar! Aqui e alí vemos as pessoas reclamando que foram assaltadas! Você vai no postinho e não encontra vacina. É preciso fazer algo e depressa. E essa atitude precisa partir de nós. Não fique esperando o poder público se pronunciar. Estamos esperando isso a mais de duas décadas!

A cultura é outro grande problema local. Para ilustrar isso damos o exemplo: O SENAC abriu seis cursos profissionalizantes gratuítos aqui na cidade. Não conseguiu a quantidade de alunos necessária para formar as turmas! Conclusão: Planaltina perdeu os cursos. O SENAC abriu cursos em Formosa e em várias outras cidades do entorno.

Os moradores aqui de Planaltina tem a auto-estima muito baixa. Porisso aceitam tudo. Nos acostumamos a conviver com o pior. As piores índices em tudo! Nos contentamos em ser o menos ruim. Nos EUA os pais dizem aos filhos: Vocês são os melhores do mundo, vocês são vencedores, vocês merecem o melhor! Aqui acontece o inverso. Nossa péssima safra de políticos sabe disso e tiram proveito da baixa auto-estima dos planaltinenses.

Planaltina não tem economia própria. Já devia ter. Formosa tem! Valparaíso também.

Se não fossem a grande esmagadora quantidade de pessoas que todos os dias se locomovem para o Distrito Federal e aquecem a economia local, a recessão seria geral. Nem associação comercial temos mais: cadê a ACIAPLA? Está afundada em dívidas! E a Associação de Moradores? Você já ouviu falar?

Enquanto o sociedade não se unir e se organizar para correr atrás de seus direitos, as coisas aqui em Planaltina não vão mudar. Denunciar os problemas nas redes sociais, informa a sociedade mas não tem efeito jurídico nenhum; portanto não podemos esperar muita coisa deste tipo de denúncia, a não ser a indignação de quem lê.

As denúncias isoladas de um e outro cidadão também não resolvem. A população precisa e deve tomar conhecimento de seus direitos e deveres e também dos direitos e deveres de seus representantes, seja na Prefeitura, na Câmara de Vereadores, seja no Ministério Público, ou no judiciário.

O professor Clodomir de Morais, sociólogo, dizia em uma de suas cartílhas que o povo desorganizado é mais fácil de ser manipulado.

Hoje, a grande maioria tem acesso à Internet. Deixe a cultura inútil de lado e gaste um tempo pesquisando e conhecendo os seus direitos.

O Google é uma ótima ferramenta para isso. Basta perguntar quais as funções de um vereador, de um prefeito, qual a função do Ministério Público, como fiscalizar seus representantes, etc. e aparecem várias respostas em milésimos de segundos!

Se os moradores se unirem e criarem associações de moradores em seus bairros ou quadras, terão condições de discutirem os problemas juntos, buscar soluções e cobrar de seus reprensentantes a responsabilidade por seus atos e omissões.

Juntos somos mais fortes. Não se esqueça disso! É preciso criar a Associação do Bairro Brasilinha 17, do Bairro São José, do Bairro Imigrantes, do Bairro Mutirão, do Bairro Barrolândia, do Setor Sul, do Setor Leste, do Setor Oeste, para discutir e buscar soluções para o problema da erosão e do mau cheiro do esgoto, do Setor Norte para buscar soluções para o problema das inundações, etc., etc.

E combater com todas as forças a corrupção. Aqui na cidade tem uma minoria que não tem compromisso com ninguém além de seus bolsos. Tentam se infiltrar em tudo para tirar proveito. Essa minoria é quem colocou a cidade nesta situação. É certeza que a sociedade saberá separar o joio do trigo.

Image: